A gratidão como arma política e a ingratidão como arma de dominação

A imensa maioria da dívida vem de grandes proprietários de terras, exatamente aqueles que passam na televisão como empresários modernos e eficientes.

Como assim? São eficientes, mas não conseguem pagar suas dívidas?

Quando a televisão mostra a reforma agrária, mostra um sujeito “ineficiente”.

Lógico que a TV esconde que agricultores ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) são os maiores produtores de arroz orgânico do Brasil.

As grandes redes de TV não dão a menor chance de haver gratidão ao que eles não gostam. A pessoa poderia dizer: “que legal que o MST está desenvolvendo a agricultura natural no Brasil”.

Se houver um pouco de gratidão, esta deve ser direcionada para aceitar o agronegócio endividado (no Brasil e no mundo).

Afinal, a indústria de adubo, veneno, máquinas etc são grandes anunciantes destas redes de televisão.



Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida