Assentados trazem produtos livres de agrotóxicos para PP

De acordo com Cledson Mendes da Silva, coordenador do setor de produção do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) a luta pela terra no Pontal do Paranapanema começou em 1990 e todos os assentamentos da região foram frutos da resistência dos integrantes do grupo. Ele acredita que “a conquista agora é trabalhar para conseguir alimentos saudáveis, sem adubo químico e sem veneno”.


Tagged:


Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida