Bancada ruralista força medidas menos restritivas aos agrotóxicos

Cambalachos desonrosos que atendem interesses setoriais. Isto, vai na contramão do que hoje fazem países da Europa. A França acaba de determinar o ano de 2022 como limite para o uso do glifosato. Aqui mandam as corporações, não o governo e a saúde da população.



Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida