Café envenenado: Jaguaré (ES) realiza audiência pública

A cidade de Jaguaré, no norte do Espírito Santo é conhecida como a “capital nacional do café conilon”. A produtividade do café vem do uso abusivo e indiscriminado de agrotóxicos, legais e ilegais, a ordem é lucrar independente de como. Nos últimos períodos tem se tornado cada vez mais comum casos absurdos de uso desses venenos, principalmente pela via aérea, que não cai apenas nas plantações, mas em todo o meio.

Denúncias de pulverizações por cima de escolas agrícolas, comunidades rurais, áreas de proteção ambiental e nascentes de rios foram feitas aos montes no Ministério Público, que até então não retornaram com respostas legais a estes atos de violação dos direitos humanos e ambientais. Atentados como este fizeram de Jaguaré a “Capital do Conilon Envenenado e do Desrespeito aos Direitos Humanos!”

A Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida junto ao Ministério Público e ao Movimento dos Direitos Humanos convidam toda a sociedade capixaba a se posicionar e participar da Audiência Pública para discutir o uso indiscriminado de agrotóxicos e da pulverização aérea no município de Jaguaré. A Audiência Pública será quarta, dia 19/12, as 9h da manhã no Fórum da cidade, e contará com a presença do Ministério Público, Prefeito, Sindicato Rural, Comitê da Campanha, ANVISA e Fiocruz.

Haverá um ônibus saindo da UFES, as 6h da manhã do dia 19, interessados em participar favor enviar nome completo e RG até segunda dia 17/12 para o e-mail contragrotoxes@yahoo.com.br.

Aguardamos a presença de todos para fecharmos o ano com uma vitória contra os venenos, o agronegócio e a injustiça!!
Pátria Livre, Venceremos!

COORDENAÇÃO NACIONAL CAMPANHA PERMANENTE CONTRA OS AGROTÓXICOS E PELA VIDA.



'Café envenenado: Jaguaré (ES) realiza audiência pública' não possui comentários

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Quer compartilhar suas ideias?

Seu endereço de email não será publicado.

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida