Lançamento do Comitê Itajubá da Campanha Permanente Contra Agrotóxicos e Pela Vida

CAM00529

Dia 10 de novembro foi dia de resistência. O lançamento do Comitê de Itajubá da Campanha Permanente Contra Agrotóxicos e pela Vida aconteceu no auditório do Instituto de Recursos Naturais da Universidade Federal de Itajubá e ficou marcado como um dia de luta.

Em um grupo de mais de 30 pessoas, entre estudantes e professores da UNIFEI e UNIFAL, agricultores e representantes da sociedade civil, conhecemos a Campanha e assistimos o documentário do cineasta Silvio Tendler, que mostrou o uso indiscriminado de agrotóxicos na agricultura brasileira, muitos deles proibidos em outros países e permitidos em nosso país.

Após o filme, a mesa redonda, recepcionada com muito esmero pelo professor Luiz Felipe do IRN e acompanhada pelo representante da Emater de Itajubá, Dener Rigotte e pelo camponês pedralvense membro da Orgânicos Sul de Minas João Paulo Braga se transformou em um produtivo bate papo sobre o perigo dos agrotóxicos para a saúde dos trabalhadores do campo, a agroecologia como alternativa viável para uma alimentação sem veneno, a mudança de hábitos condicionados pelo sistema e a importância de ocupar espaços públicos para exigir nosso direito à uma alimentação saudável.

 

CAM00528
Nosso dia de luta gerou frutos. Entre os encaminhamentos estão:
– Elaborar um programa/atividade de extensão de formação e educação para a alimentação saudável;
– Exigir do Restaurante Universitário ações para fornecer alimentos orgânicos aos estudantes;
– Ocupar os Conselhos Municipais de Saúde, Segurança Alimentar, Meio Ambiente e Cultura com planos de ação que alertem para o perigo no uso de agrotóxicos;
– Conciliar as atividades culturais da Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá com atividades do Comitê;
– Encaminhar solicitação à Prefeitura de Itajubá de informações sobre o tipo de manejo de ervas daninhas adotado e exigir a capina manual;
– Solicitar dos órgãos responsáveis dados sobre vendas de agrotóxicos no município e intensificação da fiscalização no uso destes produtos pelos produtores locais;
– Encaminhar proposta de lei para fornecimento de alimentos orgânicos nas escolas do município;
– Planejar uma audiência pública para 2016;
– Intensificar as atualizações no site e na página do Facebook, além de criar uma rede de contatos através da lista de presença, servindo como ferramenta para divulgação das ações do comitê e da Campanha;

Próximas atividades também foram planejadas.

Promovido pelo DTecS UNIFEI, dia 18 tem a exibição do filme “Peleja do povo contra o dragão de ferro – Carajás 30 anos”, no auditório da Elétrica, às 19 horas.

Nosso próximo encontro já está marcado. Dia 02 de dezembro assistiremos o documentário “O Veneno Está na Mesa 2” e numa mesa só de mulheres vamos conversar sobre agroecologia e a ciência em prol da vida.

Nosso comitê foi lançado. Agora é ocupar, lutar e resistir. Essa luta que começou com poucos hoje tem muito mais e confirma o que já é sabido: Universidade é lugar do povo e agrot óxico mata!

Já não aceitamos mais mortes pela ganância do capital.

Nossa luta é pela vida!

Faça parte do Comitê, acompanhe as atividades e junte-se à nossa luta.

A Campanha contra os agrotóxicos e pela vida deve ser permanente.

Agradecemos à UNIFEI e ao IRN pela cessão do espaço para a atividade, aos professores e funcionários da UNIFEI, aos agricultores e às várias pessoas que somaram na luta. Um agradecimento especial à equipe articuladora que preparou um solidário e delicioso café para comemorar o dia especial.

CAM00526



'Lançamento do Comitê Itajubá da Campanha Permanente Contra Agrotóxicos e Pela Vida' não possui comentários

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Quer compartilhar suas ideias?

Seu endereço de email não será publicado.

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida