Novos estudos mostram que agrotóxico afeta reprodução e diminui população de abelhas

Dois novos estudos publicados nesta quinta-feira (29) na revista “Science” mostram que os agrotóxicos neonicotinóides prejudicam a reprodução e a vida de abelhas. Nos Estados Unidos, uma espécie do inseto já está ameaçada de extinção. Na Europa e em toda a América do Norte, as operárias estão desaparecendo abruptamente das colmeias.

Uma das pesquisas conseguiu resultados em grande escala e reuniu dados de experimentos feitos no Reino Unido, na Alemanha e na Hungria. Os cientistas expuseram três espécies de abelha aos agrotóxicos neonicotinóides.


Tagged: , , ,


Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida