O ataque à ENFF é um ataque a quem luta contra os agrotóxicos

Nesta sexta-feira, dia 4/11, um grande aparato policial foi mobilizado para invadir a Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), em Guararema, SP. Sem mandato judicial, policiais invadiram a escola, dispararam tiros com armas letais e prenderam dois militantes, sendo um idoso portador do mal de Parkinson.

A ENFF é um centro de formação internacional que promove cursos para países do mundo inteiro. No momento da invasão, 200 estudantes de mais de 30 países estavam no local.

A Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida realizou na última semana dois grandes eventos na ENFF. O evento Diálogos Internacionais Sobre a Luta Contra os Agrotóxicos reuniu movimentos sociais e pesquisadores do Brasil, Argentina, Paraguai e Estados Unidos, e traçou metas conjuntas de combate ao agronegócio e estímulo à agroecologia. Logo em seguida, foi realizada a Plenária Nacional da Campanha, com participação de representantes de 15 estados do Brasil. Avaliamos conjuntamente a atual situação da luta contra os agrotóxicos em nosso país, e planejamos ações para o próximo período.

Por isso, afirmamos: a perseguição aos movimentos sociais, e em particular à ENFF, é uma perseguição a todos nós, que lutamos por uma produção de alimentos justa e saudável pra quem produz e quem consome. Repudiamos veementemente a ação da polícia, e cobramos punição para os responsáveis por este ato ilegal, que demonstra claramente o projeto do governo golpista de extermínio de todas as formas de luta. A prisão arbitrária de militantes do MST no Paraná também demonstra o caráter ditatorial deste golpe, e merece todo nosso repúdio.

Convidamos a todas e todos para o ato em solidariedade à ENFF que será realizado hoje, às 15h, na ENFF:  Rua José Francisco Raposo, nº 1.140, Bairro Parateí, Guararema, SP.

Lutar não é crime!

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida



'O ataque à ENFF é um ataque a quem luta contra os agrotóxicos' não possui comentários

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Quer compartilhar suas ideias?

Seu endereço de email não será publicado.

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida