Pesquisa revelou que agrotóxico levou pessoas à desordem mental, depressão e suicídio

Audiência Pública ontem em São Paulo discute efeitos dos agrotóxicos.

Márcia Sarpa contou que o Inca realizou uma pesquisa com mil agricultores do município Dom Feliciano (RS), e constatou que a exposição à agrotóxicos levou a um aumento de desordens mentais e depressão, além de um crescimento alarmante do índice de suicídio na região. “Não existem limites seguros de exposição a essas substâncias”, disse a pesquisadora.



Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida