Tribuna | Brasileiros não sabem se tem agrotóxicos na água que bebem

A atrazina é legalmente permitida no Brasil. Seus níveis residuais na água estavam bem abaixo do limite legal, mas estudos recentes em animais mostram que, mesmo em baixas doses durante longos períodos, a atrazina pode ser um disruptor endócrino, interferindo nas funções reprodutiva, neural e de imunidade.


Tagged:


Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida