Usinas, bancos, agrotóxicos, tabaco e armas financiam a ‘bancada do veneno’

Produtores de cana de açúcar, eucalipto, tabaco, amianto, usinas de todos os tamanhos, indústrias químicas, de alimentos, celulose e de armas, pecuaristas, bancos e seguros de saúde. Esses setores, que dependem dos agrotóxicos em seus sistemas de produção, que os fabricam, que os vendem ou que pretendem ampliar a participação no agronegócio como um todo, estão entre os maiores financiadores de campanha dos deputados que defendem a aprovação do “Pacote do Veneno”.



Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida