Monsanto pagará multa de US$ 80 milhões para encerrar processo nos EUA

por Paula Selmi, do Valor

SÃO PAULO – A americana Monsanto, maior empresa de sementes do mundo, concordou nesta terça-feira em pagar uma multa de US$ 80 milhões para encerrar as investigações nos Estados Unidos sobre violação de regras contábeis e distorção de informações financeiras referentes aos produtos de sua marca de herbicida, a Roundup.

Investigações da Securities and Exchange Comission (SEC, na sigla em inglês) — órgão equivalente à CVM no Brasil — descobriram que a Monsanto lançou em 2009 um programa de incentivos por meio de descontos que tinha o objetivo de promover sua marca Roundup em uma época que o produto estava perdendo espaço no mercado para outros concorrentes que vendiam a preços mais baratos.

Segundo o órgão americano, a Monsanto não tinha controles contábeis internos suficientes sobre os descontos dados a varejistas e distribuidores e não registrou os custos desses incentivos nas vendas da Roundup divulgadas nos balanços financeiros de três anos.

A SEC não divulgou o valor dos lucros distorcidos pela empresa. A Monsanto aceitou pagar a multa estabelecida pelo órgão, mas a empresa e seus executivos continuam negando as acusações de violação.

Nota da Campanha: todos sabem que a Monsanto, assim como outras empresas do setor, empregam diversos “métodos alternativos” para vender seus produtos. Um deles é oferecer vantagens às casas agrícolas, ou diretamente aos agrônomos que emitem a receita de uso. O Round-Up vende muito não porque seja um “produto bom”, mas porque a empresa emprega grande esforço para fazer girar a espiral venenosa.


Tagged: ,


'Monsanto pagará multa de US$ 80 milhões para encerrar processo nos EUA' não possui comentários

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Quer compartilhar suas ideias?

Seu endereço de email não será publicado.

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida