Manifesto reúne entidades pelo banimento do Paraquat

Como forma de pressionar a Anvisa pelo banimento efetivo do Paraquat, a Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e Pela Vida, junto a quase 200 organizações e parlamentares, lança a carta coletiva: “Anvisa, mantenha o banimento do Paraquat!”, pedindo que o órgão ouça o conjunto da sociedade e não se curve aos interesses econômicos.

A possibilidade de adiamento da proibição deste herbicida letal no Brasil, prevista para o próximo 22 de setembro, provocou apreensão e repúdio por amplo conjunto de movimentos e organizações, considerando o consenso científico internacional acerca da alta toxicidade da substância, que causa problemas agudos e crônicos. 

“A intoxicação aguda vai levar à morte a curto ou longo prazo. Não tem nenhum tratamento que possa reverter isso. E, cronicamente, ele vai desenvolver Parkinson, ele vai desenvolver uma perda da função renal, da função hepática, todas elas irreversíveis. Vai desenvolver um problema pulmonar com perda da sua capacidade respiratória.”, explica a professora doutora e pesquisadora da área Toxicologia da UFRGS, Solange Cristina Garcia.

Em Plenária realizada na tarde desta segunda-feira, foi reafirmada a vigilância para a efetiva proibição do Paraquat, acompanhando a realidade de mais de 50 países do mundo.

Fortaleça a mobilização: leia a carta e assine pelo seu movimento ou organização. O documento estará aberto para adesões até às 14h desta terça-feira (25/08) através do site da Campanha.

Confira abaixo na íntegra. 

Carta Coletiva: Anvisa, mantenha o banimento do Paraquat!

Nós, organizações da sociedade civil abaixo assinadas, vimos por meio desta carta nos dirigir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedindo o efetivo banimento do agrotóxico Paraquat.

Em seu voto proferido na reunião ordinária do dia 18 de agosto, o diretor Romison Rodrigues Mota explicitou que o adiamento do banimento da substância não é de interesse geral da sociedade.

O Paraquat foi banido na União Europeia em 2007 e teve sua reavaliação no Brasil iniciada em 2008. O parecer desta reavaliação, publicado em 2015, traz um encaminhamento inequívoco:

“Considerando a alta toxicidade aguda do paraquate, o fato do AOEL ser excedido durante a aplicação, as evidências de desencadeamento de Parkinson, a ausência de antídoto para a intoxicação aguda e para a doença de Parkinson e as evidências de mutagenicidade, é notório que há respaldo legal para a proibição do registro de produtos à base de paraquate no Brasil e, portanto, o uso desse ingrediente ativo deve ser descontinuado em nosso País.”

A publicação do resultado da reavaliação, em 2017, previu um prazo de três anos para redução gradual do uso até seu banimento completo, que deve se efetivar no dia 22 de setembro.

Neste período, não surgiu nenhuma nova informação científica contrariando o parecer da Anvisa referente à relação do Paraquat com a doença de Parkinson.

Portanto, o pleito de adiamento da data de banimento por parte das empresas fabricantes e de representantes do agronegócio é sem dúvidas uma tentativa de ganhar tempo para possíveis manobras de reversão da decisão.

Assim, reconhecendo que cada dia de uso permitido do Paraquat significa mortes e doenças incuráveis, pedimos à Anvisa que ouça o conjunto da sociedade e não se curve aos interesses econômicos.

Anvisa, mantenha o banimento do Paraquat no dia 22 de setembro!

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida e organizações abaixo:

  1. AB Gestão em Mudança
  2. ACT Promoção da Saúde
  3. Agroambiental
  4. Agrofloresta Mulungu
  5. Aldeia Verde
  6. Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável
  7. Alimentos sem veneno
  8. Alternativas para Pequena Agricultura no Tocantins
  9. Apiário Riacho Velho
  10. Articulação Nacional de Agroecologia – ANA
  11. Articulação Pacari Raizeiras do Cerrado
  12. Articulação Regional das Comunidades Tradicionais de Fundos de Pasto – CUC/Canudos, UAUÁ e Curaçá
  13. Associação para o desenvolvimento da Agroecologia
  14. Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia – ABMMD 
  15. Associação Brasileira de Pesquisadoras e Pesquisadores pela Justiça Social – ABRAPPS
  16. Associação Brasileira de Reforma Agrária – ABRA
  17. Associação Civil Alternativa Terrazul
  18. Associação Cultural e Ecológica Pau Brasil
  19. Associação de Desenvolvimento Comunitário do Quandu
  20. Associação de Meliponicultores do estado de São Paulo – AMESAMPA
  21. Associação diversidade e direitos humanos do agreste brejo paraibano
  22. Associação dos Geógrafos Brasileiros – AGB – Seção Aracaju
  23. Associação dos Geógrafos Brasileiros – Seção São Paulo (AGB/SP)
  24. Associação dos profissionais Universitários da Sabesp – API
  25. Associação dos Servidores do Incaper – ASSIN
  26. Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – Agapan
  27. Associação indígena Pankararu pataxó
  28. Associação Latino-Americana de Toxicologia – Astoxilatin
  29. Associação Paranaense das Vítimas Expostas ao Amianto e aos Agrotóxicos – APREAA
  30. Associação União Farol do Alvorecer da ZL
  31. Campanha Não Quero Veneno No Meu Prato – Ribeirão Preto/SP
  32. Caritas Brasileira
  33. Caritas Brasileira Regional MG
  34. CEAGRO – Centro de Desenvolvimento Sustentável e Capacitação em Agroecologia
  35. CEDAC
  36. Central Única dos Trabalhadores – CUT
  37. Centro Acadêmico de Agroecologia/UFAL – Urucum: Construção e Resistência
  38. Centro de Ação Cultural – Centrac
  39. Centro de Ação Cultural de Campina Grande
  40. Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá
  41. Centro de Desenvolvimento Comunitário de Maravilha – Cdecma
  42. Centro de Referência em Recuperação de Áreas Degradadas – CRAD baixo São Francisco
  43. Centro de Tecnologias Alternativas da Zona da Mata
  44. Centro TIÊ de Agroecologia
  45. Centro Vida Organica
  46. CERESTA – Coletivo de Estudos e Ações em Resistências Territoriais no Campo e na Cidade (UNICENTRO)
  47. Coletivo Cotonetes
  48. Coletivo Curupira
  49. Coletivo de Educação Ambiental Quintal Itinerante
  50. Coletivo Jotapua
  51. Coletivo Praia Limpa
  52. Comissão Pastoral da Terra
  53. Comissão Pastoral da Terra – XINGUARA
  54. Comissão Pastoral da Terra – MT
  55. Comitê de Ação Pela Cidadania
  56. Comitê estadual de Educação do Campo da Paraíba
  57. Comitê Fora Bolsonaro Rio de Janeiro
  58. Comunidades Eclesiais de Base – CEBs do Brasil
  59. Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares – CONTAG
  60. Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional de Alagoas
  61. Conselho Indigenista Missionário – CIMI
  62. Conselho Indigenista Missionário – CIMI Norte 2
  63. Conselho Indigenista Missionário – CIMI Regional Leste
  64. Conselho Indigenista Missionário – CIMI Regional Mato Grosso
  65. Conselho Municipal de Segurança Alimentar de São Paulo – COMUSAN
  66. Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável – COMSEA LAVRAS
  67. Conselho Regional de Nutricionistas da 9ª Região (CRN9)
  68. Conselho Regional de Química V Região – Câmara dos Agrotóxicos
  69. Cooperativa Agroecológica Nacional Terra – Coonaterra
  70. Cooperativa Central de Produção Orgânica da Transamazônica e Xingu – CEPOTX
  71. Cooperativa de Profissionais Técnicos em Alagoas (COOPTAL)
  72. Cooperativa de Trabalho e Assessoria Técnica, Extensão Rural e Meio Ambiente – Amater
  73. Cooperativa dos Criadores de Abelhas Indígenas da Amazônia – Coopmel
  74. Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais quilombolas – CONAQ
  75. Deputada Federal Áurea Carolina PSOL/MG
  76. Deputada Federal Benedita da Silva – PT/RJ
  77. Deputada Federal Erika Kokay – PT/DF
  78. Deputada Federal Fernanda Melchionna PSOL/RS
  79. Deputada Federal Gleisi Hoffmann – PT/PR
  80. Deputada Federal Luiza Erundina PSOL/SP
  81. Deputada Federal Luiziane Lins – PT/CE
  82. Deputada Federal Margarida Salomão – PT/MG
  83. Deputada Federal Maria do Rosario – PT/RS
  84. Deputada Federal Marília Arraes – PT/PE
  85. Deputada Federal Natália Bonavides – PT/RN
  86. Deputada Federal Professora Rosa Neide – PT/MT
  87. Deputada Federal Rejane Dias – PT/PI
  88. Deputada Federal Sâmia Bomfim – Líder da Bancada do PSOL na Câmara de Deputados
  89. Deputada Federal Talíria Petrone PSOL/RJ
  90. Deputado Federal Afonso Florence – PT/BA
  91. Deputado Federal Airton Faleiro – PT/PA
  92. Deputado Federal Alencar Santana – PT/SP
  93. Deputado Federal Alexandre Padilha – PT/SP
  94. Deputado Federal Arlindo Chinaglia – PT/SP
  95. Deputado Federal Beto Faro – PT/PA
  96. Deputado Federal Carlos Veras – PT/PE
  97. Deputado Federal Carlos Zarattini – PT/SP
  98. Deputado Federal Célio Moura – PT/TO
  99. Deputado Federal David Miranda PSOL/RJ
  100. Deputado Federal Dionisio Marcon – PT/RS
  101. Deputado Federal Edmilson Rodrigues PSOL/PA
  102. Deputado Federal Elvino Bohn Gass – PT/RS
  103. Deputado Federal Enio Verri – Líder da Bancada do PT na Câmara dos Deputados
  104. Deputado Federal Frei Anastácio – PT/PB
  105. Deputado Federal Glauber Braga PSOL/RJ
  106. Deputado Federal Helder Salomão – PT/ES
  107. Deputado Federal Henrique Fontana – PT/RS
  108. Deputado Federal Ivan Valente PSOL/SP
  109. Deputado Federal João Daniel – PT/SE
  110. Deputado Federal Jorge Solla – PT/BA
  111. Deputado Federal José Airton Cirilo – PT/CE
  112. Deputado Federal José Guimarães – PT/ CE
  113. Deputado Federal José Ricardo – PT/AM
  114. Deputado Federal Joseildo – PT/BA
  115. Deputado Federal Leonardo Monteiro – PT/MG
  116. Deputado Federal Marcelo Freixo PSOL/RJ
  117. Deputado Federal Merlong Solano – PT/PI
  118. Deputado Federal Nilto Tatto – PT/SP
  119. Deputado Federal Odair Cunha – PT/MG
  120. Deputado Federal Padre João – PT/MG
  121. Deputado Federal Patrus Ananias – PT/MG
  122. Deputado Federal Paulão – PT/AL
  123. Deputado Federal Paulo Guedes – PT/M
  124. Deputado Federal Paulo Pimenta – PT/RS
  125. Deputado Federal Paulo Teixeira – PT/SP
  126. Deputado Federal Pedro Uczai – PT/SC
  127. Deputado Federal Reginaldo Lopes – PT/MG
  128. Deputado Federal Rogério Correia – PT/MG
  129. Deputado Federal Rubens Otoni – PT/GO
  130. Deputado Federal Rui Falcão – PT/SP
  131. Deputado Federal Valmir Assunção – PT/BA
  132. Deputado Federal Vander Loubet – PT/MS
  133. Deputado Federal Vicentinho – PT/SP
  134. Deputado Federal Waldenor Pereira – PT/BA
  135. Deputado Federal Zé Carlos – PT/MA
  136. Deputado Federal Zé Neto – PT/BA
  137. Deputado Federal Zeca Dirceu – PT/PR
  138. Diretório Municipal do PT de Casimiro de Abreu/RJ
  139. Ekonativa – Cosméticos da Natureza
  140. Escola Popular de Agroecologia e Agrofloresta Egídio Brunetto – MST
  141. Espaco Certo Olida/PE
  142. Fazenda Alvorada
  143. Federação de Estudantes de Agronomia do Brasil
  144. Federação de Órgãos para Assistência social e educacional – FASE
  145. Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar – FETRAF Santa Catarina
  146. Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Alagoas FETAG-AL
  147. Federação Nacional dos Urbanitários – FNU
  148. Flori Natureza Orgânica
  149. Fórum Nacional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacias Hidrográficas FONASC-CBH
  150. Fórum Paulista de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos
  151. Frente Parlamentar de Segurança Alimentar e Nutricional
  152. Gestão, Desenvolvimento e Educação -GDE Brasil
  153. Greenpeace
  154. Greenpeace Brasil
  155. Grupo Abelhas flor do cerrado
  156. Grupo Apeti Viçosa
  157. Grupo Coletivo Triunfo
  158. Grupo de Estudos e Pesquisas em História, Sociedade e Educação no Brasil – HISTEDOPR/UNIOESTE
  159. Grupo Ecológico Sentinela Dos Pampas / GESP
  160. Grupo Interdisciplinar de Estudos Socioambientais e de Desenvolvimento de Tecnologias Sociais na Amazônia
  161. Guardiões de Sementes – Santa Maria/RS
  162. Ila cia internacional de comerciodna
  163. ING Instituto os Guardiões da Natureza,
  164. Instituto Augusto Carneiro
  165. Instituto Biorregional do Cerrado – IBC
  166. Instituto Brasil Orgânico
  167. Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor – Idec
  168. INSTITUTO BRASILEIRO DE AGROECOLOGIA – IBA
  169. Instituto Centro de Vida
  170. INSTITUTO CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA
  171. Instituto do Bem-Estar
  172. INSTITUTO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS NA AGRICULTURA DO VALE DO JEQUITINHONHA
  173. Instituto Gaúcho de Estudos Ambientais – Ingá
  174. Instituto GTAE
  175. Instituto Harpia Harpyia
  176. Instituto MIRA-SERRA
  177. Instituto Mundo Unido
  178. Instituto Os Guardiões da Natureza
  179. Instituto Palmas
  180. Instituto Semeando o futuro
  181. Instituto Terraviva
  182. Jardim das comadres
  183. Jorge Tuta Consultoria
  184. Justice Pesticides
  185. Licenciatura em Educação do Campo UFPR Setor Litoral
  186. LOA TERRA
  187. Make it
  188. Marcha Mundial por Justiça Climática / Marcha Mundial do Clima
  189. Mater Natura -Instituto de Estudos Ambientais
  190. Movimento Camponês Popular
  191. Movimento Contra as Agressões à Natureza – MoCAN/Peruíbe
  192. Movimento de Mulheres Camponesas – MMC
  193. Movimento de Mulheres Camponesas/SC
  194. Movimento de Organização Comunitária
  195. Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA
  196. Movimento dos pescadores e pescadoras artesanais – MPP
  197. Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra
  198. Movimento minha terra
  199. Movimento pela Soberania Popular na Mineração – MAM
  200. Movimento Urbano de Agroecologia – MUDA
  201. Núcleo de Estudos em Agroecologia, Educação e Sociedade
  202. Núcleo de Agroecologia do Bolsão-MS
  203. Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande Sul (NEJ/RS)
  204. Núcleo de Estudo Agroecológicos – NEA ARANDU
  205. Núcleo de Estudo Agroecológicos Zumbi dos Palmares – NEA-ZP
  206. Núcleo de Estudos Ambientais em Saúde e Trabalho Instituto de Saúde Coletiva – NEAST/UFMT
  207. Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica do Vale do Taquari, RS
  208. Núcleo de Estudos em Cooperação
  209. Núcleo de Estudos Pesquisas e Extensão em Agroecologia – NEPEA
  210. Núcleo de Estudos, Pesquisas e Práticas Agroecológicas do Semiáridos – NEPPAS
  211. Observatório dos Agrotóxicos – Paraná
  212. Pastoral da Juventude Rural
  213. Pastoral Rural Diocese de Caxias do Sul
  214. Petrônio Colégio e Curso
  215. Plataforma Mercosul Social e Solidário – PMSS
  216. Public Eye
  217. Rede de Intercâmbio de Tecnologias Alternativas
  218. Rede Latino Americana Integrativa de Plantas Medicinais, Aromaticas e Nutracêuticas – RELIPLAM
  219. Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares
  220. Rede Sementes da Agroecologia – ReSA
  221. Rede Sergipana de Agroecologia
  222. Secretaria da educação de Alagoas
  223. Sindicato dos Empregados no Comércio de Pato Branco
  224. Sindicato dos nutricionistas do estado de são paulo – SindiNutriSP
  225. Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar – SINTRAF Ipumirim
  226. Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar – SINTRAF Mondaí
  227. Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Cacador e Regiao – Sintrafcar
  228. Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público – Sintep Mato Grosso
  229. Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Educação de MG
  230. Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar – SINTRAF de Santa Rosa de Lima
  231. Sindicato dos Trabalhadores Rurais – STR Medina
  232. Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário – SINPAF
  233. Slow Food Brasil
  234. Sociedade Brasileira de Toxicologia – SBTOX
  235. SOS Emprego
  236. SOS Paranapiacaba -Santo André – SP
  237. Teia de AGROECOLOGIA
  238. Terra de Direitos
  239. Territorios amazônicos MT
  240. Toxisphera Associação de Saúde Ambiental
  241. UFAL
  242. União Pedritense de Proteção ao Ambiente Natural – UPPAN
  243. Unioeste
  244. Unipropolis
  245. Universidade Federal Rural da Amazonia
  246. Veredas aquarismo e paisagismo
  247. Viva Bem Alimentação Orgânica e Natural Ltda


'Manifesto reúne entidades pelo banimento do Paraquat' have 8 comments

  1. 10 de setembro de 2020 @ 14:01 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos - Agência Pública

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a A…  […]

    Responder

  2. 10 de setembro de 2020 @ 14:02 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos – InfoEconômico

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a An…  […]

    Responder

  3. 10 de setembro de 2020 @ 14:14 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos | Poliarquia >

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidad…  […]

    Responder

  4. 10 de setembro de 2020 @ 14:38 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos | Ponto E

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a A…  […]

    Responder

  5. 10 de setembro de 2020 @ 18:41 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos - Diário Carioca

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a A…  […]

    Responder

  6. 10 de setembro de 2020 @ 22:07 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos – Campanha Permanente Contra os Contra os Agrotóxicos e Pela Vida

    […] organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a Anvisa mantenha a proibição do […]

    Responder

  7. 10 de setembro de 2020 @ 22:51 Brasil é o segundo maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a An…. […]

    Responder

  8. 12 de setembro de 2020 @ 01:02 Brasil é 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa, que importa alimentos produzidos com estes químicos - Notícias Socioambientais das águas no Brasil

    […] A discussão mobiliza organizações de diversas esferas. A Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida reuniu mais de 200 assinaturas de organizações, deputados e até de universidades pedindo que a A…  […]

    Responder


Quer compartilhar suas ideias?

Seu endereço de email não será publicado.

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida