Tags direitos humanos

Indígenas Tembé que tiveram líder assassinado convivem com “chuva de veneno” no Pará

Além da plantação, despejo de agrotóxico afetou agricultores do MST; uma mulher grávida passou mal com a contaminação Por Catarina Barbosa, do Brasil de Fato A “chuva de veneno” é um artifício usado por empresários do ramo do agronegócio para pulverizar grandes plantações. No entanto, o mecanismo também é uma forma de prejudicar agricultores e indígenas que…

ONU lança declaração sobre direitos da população camponesa

Documento foi traduzido e diagramado em formato cartilha para ser disponibilizado publicamente Adriane Canan*, do Brasil de Fato Aprovada pela Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas, em 17 de dezembro de 2018, depois de processo de debates e pressão das organizações e movimentos populares do campo, com a Via Campesina Internacional (LVC) como sujeito…

Em números, a farra fiscal do agronegócio

Em 2019, o Brasil arrecadou um centavo a cada R$ 323 exportados pelo setor. Cifra representa 0,000003%. Agrotóxicos entram no país sem impostos. Reforma Tributária precisa enquadrar os grandes proprietários rurais Do site do Outras Palavras Todas as vendas de produtos do agronegócio para fora do Brasil em 2019 renderam aos cofres públicos apenas R$ 16,3 mil em…

Relatório Agrotóxicos e Violação de Direitos Humanos: comunidades rurais pulverizadas em Mato Grosso

Nesta quinta-feira, 10, dia dos Direitos Humanos, a FASE em parceria com a Campanha Contra os Agrotóxicos e Pela Vida e a Terra de Direitos lança o Relatório Agrotóxicos e Violação de Direitos Humanos: comunidades rurais pulverizadas em Mato Grosso. O documento foi construído no intuito de publicizar as violações, vivenciadas pelas comunidades rurais afetadas…

“Mais vida, menos veneno”: Carta Aberta ao Governo do Estado do RS

Porto Alegre, 07 de dezembro de 2020 Excelentíssimo Senhor Governador Eduardo Leite, O conjunto de entidades que subscrevem este requerimento, representantes de conselhos estaduais, frente parlamentar, fóruns, associações, entidades de classe, agricultores/as familiares, universidades, pesquisadores/as, especialistas, ambientalistas e movimentos sociais vêm expressar relevante preocupação em relação ao PL nº. 260/2020, que propõe a alteração da…

AGRO É TÓXICO: A legislação que escorre entre os dedos

Por Lucas Souza, Antony Corrêa, Jade Azevedo Da Página do MST No Brasil a regulamentação dos agrotóxicos é feita pela lei número 7.802, de 1989. Ela sistematiza a utilização destas substâncias em diferentes âmbitos, entre eles a aplicação, pesquisa, armazenamento e comercialização. Essa lei também estabelece como é feito o registro dos agrotóxicos no país, a fiscalização…

Trigo transgênico HB4 aprovado na Argentina gera reações negativas

Principal comprador, Brasil não se mostrou favorável à aprovação do HB4; tecnologia depende do seu aval Por Fernanda Paixão, do Brasil de Fato A aprovação do novo trigo transgênico argentino HB4 para comercialização anda causando debates, rejeição e expectativas desde a publicação em outubro, no boletim oficial do Ministério de Agricultura do país. O documento…

PARTICIPAÇÃO NA REUNIÃO DE ACIONISTAS CRÍTICOS DA ALEMANHA

No dia 5 de setembro, a Campanha Contra os Agrotóxicos participou virtualmente da reunião anual da Articulação de Acionistas Críticos da Alemanha. A Articulação tem como objetivo comprar ações de empresas alemãs para ter direito a fala durante suas Assembleias de Acionistas, e poder assim incidir criticamente em suas decisões. Desde 2018, a Campanha participa,…

Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida